Trilhas Sonoras Fashion Week

Ontem, só ontem, assisti ao Diabo Veste Prada. Filmão que poderia ser melhor se a trilha sonora tivesse os clássicos adequados para Paris e Nova Iorque: David Bowie – o antigo e o moderno – e Lou Reed, único, não podem faltar numa trilha que se propõe a louvar as duas cidades. Não é porque não se trata de um musical que a trilha não tenha que ser impecável.

Impossível não se lembrar de Contos de Nova York, com os três episódios dirigidos por SCORSESE , COPPOLA e WOODY ALLEN. Em LIÇÕES DE VIDA, Nick Nolte faz um pintor famoso dividido entre a arte e a sua assistente. É de chorar ouvir Procol Harum – A whiter shade of pale. Olha que a música é de 1967 e o filme é do final da década de 80.

Melhor nem comparar com as trilhas dos clássicos italianos. Mas trazendo pra cá, tomei um bode em saber que a trilha do filme Tropa de Elite tem CPM 22. Tá difícil tomar coragem. Viva Baile Perfumado (árido moovie clássico): O manguebit para Lampião assim como Sérgio Ricardo estava para Deus e o Diabo. O Diabo veste Villa-Lobos para Glauber Rocha.

Mas não durma, sem antes ouvir “fandangos” do conto de Scorsese http://www.youtube.com/watch?v=PbWULu5_nXI 
 

Esta entrada foi publicada em blog do Guto. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>